Kim Kardashian: a culpada

Logo que surgiram as saias midi e no joelho, torci o narizinho, mas logo me apaixonei pelas mais soltinhas e rodadas. Agora, modelo lápis? Nem pensar! Too sexy mama, muito apertadinho, achatava meu corpinho de 1,60 até que…Kim Kardashian aconteceu na minha vida ♥IMG_20150719_213631098

Essa mulher exagera, “escorrega” pra caramba fashionisticamente, mas, apesar de todas as polêmicas, provou de vez pra mulherada que não tem problema nenhum mostrar as curvas e que dá pra ficar gata sem ser magérrima. Tanto que a coleção da Kim para C&A foi o maior sucesso e as peças mais cool – saias e top croppeds – esgotaram rapidinho. E foi com uma peça dela mesmo que eu estreei meu amor curvalicius ;) Como eu estou curtindo usar? Bom, não exatamente como a Mrs. West:

CAMISA AMARRADA NA CINTURAMidi_01

Amo essa mistura que deixa tudo bem moderninho. Aliás, tênis e camisas têm sido companheiros constantes no meu dia a dia por serem super confortáveis e se adaptarem facilmente. Amor sincero, amor verdadeiro que ainda esconde minha barriguinha saliente :)

T-SHIRTS E REGATASMidi_02

De novo a mistura de pesos das peças: uma mais feminina e arrumadinha e outra mais casual e podrinha. AMO! Simplesmente porque dá para usar a saia em situações bem informais que são, basicamente, toda a vida de uma pessoa que faz publicidade e trabalha com moda. A gente nunca precisa de um scarpin e uma camisa social.

Garimpei algumas peças nessa vibe que dá pra encontrar por aí com um preço bacana – porque nessas marcas fancy a gente já sabe que tem, mas, né?Saia-Kim-Kardashian_onde-comprar

ColcciRennerBazis

Vale dizer também que visitas a lojas da Forever 21, Zara e C&A são muito bem vindas! Vi umas lindas por lá com tecidos mais grossinhos – que geralmente caem melhor em mim ;) Partiu?

Beijos, beijos

[Desejo do dia] Septum ring

Nem sei se posso dizer que isso é um acessório que está “em alta”, já que pode envolver perfurações, um pouco de tensão familiar – falando por experiência própria – etc, mas eu, que sempre fui dessas que adora tatuagem, mudar a cor do cabelo, entre outras mudanças mais “drásticas” tô desejando fortemente um novo piercing, desses grandões no septo.

Como querer não é o mesmo que ter graças a cicatrizações tensas, bora compartilhar a vontade?

indian-nose-ringTotalmente inspirado nos acessórios indianos usados em cerimônias, esses piercings cheios de ornamentação podem ser meio brutos/polêmicos, mas depois de muitas fotos internet afora, eu tô completamente apaixonada MESMO. Me julguem.

Tenho a impressão que a volta desses piercings mais amostrados veio junto com com a onda 90’s, o fortalecimento do movimento afropunk e de todo esse empoderamento cultural que, discussões de apropriação  à parte, não podemos negar que super tá rolando. Posso falar? Eu gosto muito, esteticamente falando. Já assisti a algumas discussões sobre a possibilidade de ofender alguém de origem indiana com isso e nunca cheguei a nenhuma conclusão até porque só conheci uma menina nesse contexto e ela disse não achar ofensivo. Sigo amando e desejando (se manifesta aí se eu tiver fazendo merda, pfvr).

septo_03Acho bonito e bem imponente. Tenho a impressão de força e um ar I don’t give a fuck. É grandão e bem chamativo sim e daí? Só acrescenta mais um interesse visual ao rosto de quem curte intervenções ;)

septo_02Meus preferidos (e sonhados!) são os de tamanho médio e mais verticais, de preferência com algum ponto de cor, como esse turquesa aí de cima. Também estou numa fase mais prateada, vai entender. Os com correntinhas a parte e ligações com brincos, eu passo. Muito, muito pra mim. 

Tá, mais fazer um novo furo no meu corpo só por um vontade que pode ser passageira? Sinceramente, se meu organismo fosse mais fácil e não tivesse uma outra argola no meu nariz, eu faria. Mas se você prefere não arriscar, existem mil e uma versões fakes. Tipo brincos de pressão, sabe?

septo_01É engraçado usar um piercing de mentirinha? Pode ser, mas é uma ótima alternativa, vai. Só pra fazer o estilo ou até mesmo para pensar melhor no assunto. Tipo tintas temporárias de cabelo ou as flash tattoos, é uma espécie de ensaio haha.

De verdade ou mesmo os falsos, têm disponível por preços amigos no eBay, Aliexpress, Etsy – que demoram séculos pra chegar no Brasil – ou em algumas lojinhas nacionais como a Elephant. Se dá pra ficar diva usando o acessório?

wpid-screenshot_2014-09-10-20-42-35-1Rihanna te responde

Beijos, beijos

 

Pela banalização do paetê

Já comentei por aqui algumas vezes sobre o meu eterno amor por brilho e paetês. Sim, se eu não tivesse nascido mulher, seria uma drag queen daquelas bem montadas. Então, vou aproveitar a animação de carnaval de vocês para ver se converto alguém para fazer parte do casting de RuPaul’s Drag Race comigo hehe

7ea045c57b2c3a4398640f1a3f828bc1

A grande questão é que nossas peças brilhosas são sempre exiladas para a noite, quando podiam muito bem estar pegando um solzinho e o ar fresco do dia. Em materiais relax, como o moletom, ou acompanhada de peças mais básicas, como aquela calça jeans curinga que todo mundo tem, os paetês – meus brilhos preferidos -, lurex e derivados são ótimos jeitos de transformar uma produção básica numa roupa super divertida e descoladinha.

Ainda não convenci? Então olha essas inspirações aqui e separa a peça da folia pra usar nesse verãozão :)

paete 03Shortinhos e saias são os mais fáceis, é só combinar com uma camiseta, rasteirinha ou tênis e tá pronta pra bater perna por aí. Rola também o truque do casaco da cintura – que tá todo mundo usando -, mas que com paetês fica bem mais legal ;) Daí se você for num bar abertou a noite, cineminha ou outro lugar com ar condicionado, é só jogar por cima do look basicão e sua drag interna vai sambar de saltão na diva do normcore (que também é linda, diga-se de passagem hihi #aindecisa)

paete 02Para não ficar com tanta cara de noite, o mais legal é focar em peças retas, soltinhas e mais básicas. Um short larguinho, cardigan etc, etc. Vestidões de moletons também são in-crí-veis, mas só dá pra aproveitar a ideia no inverno porque esses agradáveis 50° do verão carioca não tão me facilitando. Se você consegue usar moletom agora, mesmo dos mais fininhos, tô te invejando muito. Ah, aproveita também pra curtir um conforto, já que os visuais com tênis são super bacaninhas e relax, exatamente por causa desse contraste todo!

Sim, eu avisei que era drag queen. Espero que tenha contagiado vocês. Mais brilho, por favor

mg_6367-copyAliás, acho que isso dá uma série, hein!? Batom colorido, cropped, acessórios de cabelo, maxi bijous…O que vocês acham?

Beijos, beijos

A moda que eu quero em 2015

Eu já comentei em outros posts alguns dos motivos de ter abandonado o blog e, é claro que entre mudanças e falta de tempo, outro fator que contribuiu demais para eu desanimar de escrever por aqui foi o cansaço desses padrões e imposições que o mundo da moda acaba colocando sobre todo mundo.

E aí aquela minhoquinha da censura fica passeando pela cabeça te fazendo achar que você não pode usar nada, que aquele cropped não é para “qualquer um” e que a saia mais justa marca uma barriguinha que “não deveria estar aí”. Que o cabelo precisa estar “no lugar” e que aquela hotpant “não vai bem com seu bumbum”. Não deveria pra quem? No lugar de que? Não vai bem por que?giphy

E o pior é que esses padrões totalmente inatingíveis nos atacam desde muito cedo e, de repente, você vê uma foto com 47 kg aos 15 anos, quando achava que era gorda. GORDA. Com 47 míseros quilos. Essa que vos fala era magérrima e se espelhava em que? Em Vogues, America’s Next Top Model e é claro que não seria igual àquelas modelos. E não era só eu: eram as primas, amigas de colégio, de natação,… E não, com 21 anos e alguns (muitos!) centímetros a mais, ainda não sou completamente impune a esse padrão e, por isso, passei a ter medo de continuar escrevendo e acabar dizendo o que vocês precisam ou devem fazer para disfarçar ou esconder sei lá o que.

Mais do que esses modelos de beleza completamente loucos, não queria, também, dizer o que era must have da temporada ou tendência obrigatória da vez. Isso todas as revistas e sites mais tradicionais fazem muito bem e acabam, também de maneira exemplar, transformando as ruas em vitrines de looks idênticos e pré-fabricados em street styles fotografados em fashion weeks. Não, obrigada. Isso estava me fazendo odiar a moda, achar que eu não podia vestir as mesmas peças das its, já que não me encaixava, e me restringir exatamente onde eu sempre pude me expôr.

large

As roupas foram feitas para vestir, cobrir nossos corpos para o mundo civilizado. E, dentro dessa padronização maluca, a moda nos proporciona fugir do lugar comum, mostrar para quem quiser ver – e não quiser também – de quantas cores somos feitos, que estampas expressam quem somos, qual comprimento retrata o sentimento do dia, da semana, do ano.  E é isso o que eu mais quero ver daqui pra frente: moda real, feita por gente de verdade que não está se importando tanto assim com o que está rolando na passarela.

É claro que ainda gosto de ver tendências e um Balmain ou uma belo photoshoot faz meus olhinhos brilharem, afinal, é arte. Mas a arte também pode estar visitando outras culturas, corpos e cores. Aliás, esses são muito mais ricos exatamente por não precisarem de dinheiro e o glamour dos holofotes para brilharem. Repara só no metrô, na faculdade, na menina desconhecida da sua rua. Tenho certeza que em algum desses lugares existem pessoas tão interessantes (ou mais, na minha humilde opinião) que it girls bombadas.

2012-newyear-quotes-2

E, com esse texto meio sem nexo, fio condutor ou conclusão adequada, quero dizer que vou frequentar mais meu espaço preferido, continuar escrevendo sobre o que eu gosto e, também, que desejo para vocês – e para mim! – um 2015 com menos censura, preocupações e muito mais diversão, (ins)piração, cores, formas e auto conhecimento. Na moda e na vida. Feliz Ano Novo e nos vemos mais vezes por aqui :)

Beijos, beijos

Brincões atualizadores

Por um bom tempo foram meus acessórios preferidos, depois saíram do meu radar por motivo nenhum. Mas sabe quando você começa a ter vontades totalmente inexplicáveis e incontroláveis!? Então, foi assim que os brincos voltaram pras minhas orelhas.4e900b0cc401e9b953ef543654892dd1 Não que eu tenha realmente parado de usar, mas estava por alguns anos só nos pequenininhos básicos que combinavam com tudo.

Em homenagem ao meu retorno oficial ao mundo dos brincões, selecionei alguns atualizadores instantâneos de look. Só colocar uma roupa basicona, se jogar neles e, pronto! Tá gata ;)

Brincos_étnicosOs étnicos geralmente são coloridos e bem geométricos. Carregam um ar mais descoladinho naturalmente e acho que são meus preferidos (assim como tudo nesse estilo haha)

Brincos_tasselTassel, franjinhas ou como você quiser chamar, é fato que ele já apareceu bastante pela sua frente. Gosto mais quando é diferente e têm elementos surpresa, tipo o da menina do meio. Fora que fica mais alegre e cool!Brincos_plumas

A vassourinha também conhecida como brinco de plumas é bem diferente e chamativa. Pouca gente encara, mas AMO com camisa branca e calça jeans pro dia a dia mesmo! Faz aquele hi-li cheio de bossa :)

Brincos_gipsySei que depois desse post ando suspeita para falar, mas cês já perceberam o quanto essa pegada cigana tá ganhando os acessórios? Haja medalhinha por aí! Os brincos gipsys e seus exageros vieram para ficar por essa estação!

Brincos_earcuffSei que o earcuff não é nenhuma grande novidade ou ‘tendência’, mas acho muito estiloso! Acho que nunca vou me cansar, especialmente em looks de festa ♥

E é claaaaaro que eu continuo adepta dos pequenos também, principalmente com um monte deles juntos. Mas isso já é assunto pra outro post…

Beijos, beijos

[Desejo do dia] ‘Cause I’m gipsy

tumblr_ml62htqdwd1qcbb4yo1_500Camadas de roupas em texturas, materiais naturais misturados com metais, uma quantidade louca de acessórios, peças fluidas, franjas e MUITA estampa. O estilo inspirado nos ciganos tá absurdamente em alta e, apesar de ter uma carinha bem 70’s, é muito atual. A cada foto que eu encontro com referências gipsy, fico mais apaixonada na riqueza de detalhes dos looks. Vocês já perceberam que, mesmo sendo super descontraído, o visual final fica phyno e muito amor?

E por que não incorporar um pouco dessa vibe mais nômade ao armário!? Ando super a fim, então fui catando inspirações e colocando na minha pastinha. E compartilhar é sempre bom ♥ Esses são alguns toques que podem muito ser adicionados aos nossos looks sem ficar muito exagerado ou caricato (acho exagerado lindo – de verdade! – mas eu não encaro ainda)

Mix infinito de pulseirasGipsy_01

Aqui já estamos acostumadas, né? Quem aí nunca fez um mix com metais, couro, pulseirinha dessas que vendem aqui na praia, strass e tudo que tiver direito!? É mainstream, mas é incrível e super fácil de montar e deixar qualquer look mais estilosinho.

Acessórios de cabeça super diferentesGipsy_02

Ok, os dois de baixo são um pouco mais conceituais, confesso. Mas são lindos, vai? De repente pra um festival ou alguma ocasião assim, que a gente fique com vontade de ser mais diferente. Já o primeiro é incrível e super usável. Até rolam uns DIY (e eu tô pensando em fazer pra mim hehe). Dá bossa pra qualquer camiseta branca + jeans detonado

Estampas gráficas & floridasGipsy_03

Autoexplicativo, mas os padrões estão por todo lado, principalmente os geométricos étnicos e os floridos (muitas vezes os dois juntos!). Gosto demais dessas estampas diferentes, mas não me arrisco a misturar porque são sempre bem marcantes. Mas acho fácil e lindo usar uma peça dessas com um jeans, por exemplo, ou finalizando tudo, como no caso dos kimonos ;)

Misturas ♥Gipsy_04

O mais bonito dessas história toda: os gipsys misturam TUDO! Cores, materiais, texturas e acessórios com pesos diferentes – como braceletes enormes junto a pulseiras fininhas, franjas e metais, penas e couro. Por isso, também me permito à licença poética de misturar um tico do urbano, do boho (que não é a mesma coisa), do afro etc ao estilo deles.

Perceberam que eu tô apaixonada? Quero adotar tipo agora! haha Quem divide a vontade?

Beijos, beijos

Já é – quase – Carnaval!

Carnaval CapaFoto: Reprodução

Sim, estou sumida, eu sei. Sim, sou o pior rascunho de blogueira que você conhece, eu sei. Tanto que até perdi a web empolgação do Carnaval e não postei  looks, DIY’s ou qualquer ideia para cair na folia. E olha que tinha muita coisa boa por aí! Acho que agora já não faria tanto sentido, né? O feriado já está aí e não vai dar mais tempo para fazer muito. Por isso mesmo pensei nos desesperados, nos que, assim como eu, não conseguiram nem escolher o que usar até agora. Até agora, heeein!?

Separei algumas tendências (odeio usar essa palavra, mas não conseguir trocar por outra, desculpa aê!) que você provavelmente tem no armário e dariam ótimas roupas para os bloquinhos da vida ;)

Carnaval_FrutasFotos: Reprodução

Não tem jeito, tem salada de frutas em todo lugar! As tropicais estão particularmente mais badalinhas. Abacaxis, cajus, bananas, laranjas ♥ Também são lindas – e ainda mais carnavalescas – quando misturam flores e folhas. Fácil de achar, com modelagens para todos os gostos e é a cara do Carnaval!

Carnaval_BodyFotos: Reprodução

A peça ícone dos anos 1980 voltou com tudo nesse verão, perceberam? Geralmente mais fechadinhos na frente e com decotão nas costas. Dupla perfeita para um short ou saia de cintura alta! E sim, ele mostra bastante e acaba assustando um pouco as menos peruas. Relaxem, aproveitem que é Carnaval, quase tudo é permitido e se joguem no que falta coragem pro dia a dia. Vai que você descobre um novo amor? (tô falando da roupa, mulherada!)

Carnaval_BrilhoFotos: Reprodução

Apesar de eu amar um brilho a qualquer hora do dia, em qualquer dia do ano – e isso é assunto pra outro post -, Carnaval é época de exageros, de perder o medo de ficar over, de brincar mesmo com o visual. Divirta-se com paetês, glitter e todas as purpurinas do universo. Você vai descobrir porquê é tão divertido ser menina ;) Só peguem leve na quantidade de glitter na maquiagem porque suor + purpurina não dá certo e não dá pra passar o feriado cega hehe Usem por baixo um gloss, sombra cremosa, primer fixador ou qualquer coisa assim!

Carnaval_MixFotos: Reprodução

O truque de styling já é super batido, mas muita gente ainda tem medo de misturar estampas. Agora é a hora de tentar! Mesmo que seu mix acabe não muito discreto pro dia a dia, vai ficar bem festivo, com certeza. Dica: lembra da estampa de fruta? Muitas peças já fazem a mistura delas com padrões geométricos. Então pegue sua blusa ou short listrados e combine com os desenhos tropicais!

Carnaval_CroppedFotos: Reprodução

Acho difícil que alguém aqui nunca tenha tentado, mas fica a dica: tá calor, tá MUITO calor. Quanto mais leves e fresquinhas forem as roupas, melhor pra você. Para se sentir mais a vontade, cintura alta! Além de dar um ar mais retrô e cool, tapa o umbigo (sou contra umbigos, implicância gratuita, mas sincera. Me perdoem!) E não precisa ser aquele super estruturado mais apertadinho não, viu? As opções soltinhas são muito legais também! Só tomem cuidado com os de renda, tricô, etc porque é muito provável que algum fio acabe puxado.

Carnaval_Regata CavadaFotos: Reprodução

Outro item que quase todo mundo já tem e vai ser óótimo em blocos de rua. Bem fresquinho, fica ótimo com short e ainda permite colocar outra cor. Já pensou misturar estampas ou colocar um brilho aí por baixo? Adoro :)

Dicas: não esqueça do filtro solar, óculos escuros, sapatos confortáveis e bolsa que feche. Ah, e de beber água de vez em quando haha

Claro que ainda existem mil possibilidades e que se você tiver algum acessório mais fantasia para colocar, vai ser melhor ainda! Existem várias bases no seu armário, escolha uma delas, pire na montação e aproveite muuuuuuuuuito a festa!

Beijos, beijos e eu não vou mais sumir :)

[Desejo do dia] Chapéu floppy

O desejo não é do dia, é de décadas #exageroschapeufloppyO chapéu que foi moda nos anos 1970 voltou a tona e anda enfeitando a cabeça de um monte de mocinhas estilosas por aí. Estou querendo um de feltro marrom, bem molinho, mas com as abas não tão enormes para eu ter coragem de usar. Sabe como é, né? Só o fato de usar chapéu fora da praia já é bem diferente aqui no Brasil (ainda mais no Rio!). Pra compartilhar a vontade com vocês, taí um monte de looks cheios de amor com o floppy :)

. PARA O FRIOChapeu floppy invernoAté tem uma ou duas fotos com clima de inverno carioca intrometidinhas por ali, mas a maioria delas é pra quem vai viajar ou mora pelo Sul do país mesmo. Muita sobreposição de peças, texturas e…o chapéu protegendo do frio!

. PARA O CALOR
chapeu floppy verãoPerninhas de fora, tecidos esvoaçantes, óculos escuros e…o chapéu protegendo do solão! Juro que não entendo como ainda não aderimos ao acessório, me parece tão óbvio usarmos no nosso clima para poupar rosto e cabelo do sol!

Minha vontade era tão grande que eu achei esse modelo na Riachuelo por R$49 e comprei para usar na praia – apesar de quase não ir a praia hehe. Como ele é de palha, não gosto muito de tirar da areia, mas veremos até onde meu fogo para estreiá-lo vai me levar!Instagram Chapéu FloppyAh, escrevendo esse post acabei não aguentando e comprei um de feltro marrom pelo eBay! haha Logo assim que chegar, conto como veio, posto link, etc, tá bom?

Cês conhecem outro lugar vendendo floppy a preços razoáveis? Me contem!

Beijos, beijos

Sobrevivendo à chuva

 

tumblr_ky2m6fA5hp1qac6sjo1_400Foto: reprodução

Não somos de papel nem de açúcar, mas passar dignamente pelas chuvas típicas dessa época é meio complicado. Quem gosta de ficar desconfortavelmente encharcada ou chegar feia num compromisso qualquer? Aproveitando os dias cinzentos e minha própria necessidade de andar pelas águas do Rio de Janeiro, achei legal dividir algumas preocupações minhas em épocas de chuva – seja no frio ou no calor -, porque quando estamos bem equipadas esse tempo é uma delícia ♥

. SAPATOS IMPERMEÁVEIS

chuva_sapatosFotos: reprodução

Nada de sapatos abertos ou de tecido! Apostem nas galochas (sim, as de borracha mesmo), tênis e botinhas de couro – natural ou sintético. Eles mantêm nossos pés sequinhos, mesmo depois de uma caminhada pelas poças. Além disso, são super estilosos :)

. GUARDA-CHUVA

chuva_chapéuFotos: reprodução

“Cê jura, Cléo?” Uhum, juro sim! Mesmo quando o dia está lindo, se você for ficar bastante tempo na rua, leve um chapéu. É um pé no saco, mas eu já me ferrei várias vezes por ignorar isso. Ah, é sempre bom carregar um saquinho plástico também, caso precise guardar ele molhado. Pra ficar menos chato e doloroso, procure um guarda-chuva bem estiloso, assim a gente torce para que chova haha Ganhei um tão maravilhoso de aniversário que estou até curtindo andar com ele, qualquer dia tiro uma foto e mostro aqui 

. JAQUETAS DE COURO

chuva_jaquetaFotos: reprodução

Na mesma lógica dos sapatos, a roupa ideal seria toda impermeável, mas isso é meio difícil, né? Então, pelo menos, jogue um casaco que seja, assim não molhamos braços e costas – adeus, resfriado. Usei fotos de jaquetas de couro – de novo, natural ou ecológico – porque são mais comuns, mas jeans resinado e alguns tecidos sintéticos também super funcionam. Mesmo que não esteja tão frio é bom ter em mãos!

. CABELO PROTEGIDO

chuva_cabeloFotos: reprodução

Com o tempo úmido, os cabelos ficam completamente rebeldes (pelo o menos o meu fica). É nessa hora que penteados e acessórios de cabelo são meus melhores amigos! Use gorros e chapéus pra manter seu cabelo a salvo; se não rolar, é bom pelo menos prender pra esconder os estragos haha

Esqueci de alguma coisa? Se tiver alguma dica rain-like pra dar, sinta-se a vontade ;)

Beijos, beijos

[Inspirações] Rock in Rio 2013

rock_in_rio_divulgacao_cvcSei que este post está mega atrasado, mas, como vocês sabem, eu estava sem computador :/ Agora que eu ganhei um lindão, achei que deveria postar algumas dicas. Afinal, ainda faltam 4 dias de festival, né? :)

Todo mundo sabe que o Rock in Rio alcança todos os estilos musicais e tribos. Então, nada mais justo que separar as inspirações por dia, certo? Espero que vocês consigam aproveitar algumas ideias!

DIA 19 – SEPULTURA, METALLICA

dia19Camisas de bandas aleatórias ao dia, o que importa é a composição haha

DIA 20 – NICKELBACK, BON JOVI, ETC

dia20Looks descontraídos para enlouquecer ao som de Misunderstood

DIA 21 – JOHN MAYER (♥)BRUCE SPRINGSTEEN, ETC

dia21Dia bem folk, dono de looks super bohos #AMO

DIA 22 – AVENGED SEVENFOLD, IRON MAIDEN, ETC

dia22De novo, imagens meramente ilustrativas #Miley haha

Não importa o seu gosto musical ou estilo, algumas coisas são fundamentais para curtir digna um festival como esse: sapato e roupa confortáveis, protetor solar e casaco! Chapéu, óculos escuros, elásticos de cabelo e uma bolsa leve também são ótimas pedidas ;) Ah, não pese demais na maquiagem e use produtos a prova d’água! E o mais importante: DIVIRTA-SE! :D

Depois posto meus looks por aqui, ok?

Beijos, beijos

TAVA MORRENDO DE SAUDADE ♥