Cinema em casa

Eu podia dar mil desculpas pela falta de posts, dizer que estou sem tempo ou qualquer coisa parecida, mas a verdade é: minha criatividade anda me traindo, assim, sem mais nem menos. Ao invés de me estressar por isso, resolvi aproveitar o feriado e torcer pras ideias voltarem a fluir. E um dos meus programas favoritos e mais inspiradores pra dias frios e chuvosos como esses é, sem dúvida nenhuma, assistir um monte de filmes!

Foto: Reprodução | Edição: Cléo Santiago

Foto: Reprodução | Edição: Cléo Santiago

Sozinha, amo assistir filmes bem mulherzinha: comédias românticas ou os que tenham alguma ligação com arte e moda, tudo depende do meu humor. É claro que eu tenho meus preferidos, então resolvi compartilhar, caso tenham leitoras de bobeira por aí :)

. Brilho eterno de uma mente sem lembranças“Joel (Jim Carrey) fica atordoado ao descobrir que sua garota, Clementine (Kate Winslet), apagou da mente as lembranças de seu tumultuado relacionamento. Desesperado, ele contata o inventor do processo, Dr. Mierzwiak, para fazer o mesmo tratamento. Mas, quando suas lembranças de Clementine começam a se desfazer, Joel repentinamente descobre o quanto ainda a ama”

Bom, eu tenho medo de comentar sobre o filme e acabar soltando spoilers pra quem ainda não viu. Só me resta dizer que é meio louco,mas lindo demais (e que eu não recomendo caso você esteja deprimida)

. Moulin Rouge “Nicole Kidman brilha como Satine, a deslumbrante estrela de um famoso nightclub francês que atende a elite decadente da sociedade local. No auge de sua sensualidade, a estonteante cortesã instiga os desejos mais profundos dos homens que se aproximam dela. Com seu poder de sedução, acaba sem querer atraindo Christian, um escritor em dificuldades. Este relacionamento provoca sérias consequências e um escândalo geral”

Esse musical me encanta não só pela história de amor, que é linda, mas também pelos figurinos e cenários que são incríveis. Sdds Nicole Kidman com rosto de diva!

. O diabo veste Prada“Com estilo interiorano e inocente, Andy Sachs (Anne Hathaway) parece ter caído de pára-quedas na cosmopolita e intensa Nova York. Recém-formada na faculdade de jornalismo, finalmente consegue uma entrevista na badalada revista de moda Runway, comandada pela impetuosa e obcecada editora Miranda Priestly (Meryl Streep). Sendo motivo de piada entre seus colegas de trabalho, Andy resolve mudar seus estilo e vira uma workaholic ao lado de sua abominável chefe”

Precisa de apresentações? Acho que todo mundo aqui já deve ter visto o filme, ficado encantada com todo o glamour e, ao mesmo tempo, com medinho do mundo da moda. Acertei?

. The September IssueNão achei sinopse ‘oficial’, mas é um documentário que se apresenta como o verdadeiro ” O diabo veste Prada”. Mostra toda a preparação por trás da edição da Vogue americana de setembro de 2007, principalmente o poder e influência de Anna Wintour, editora chefe da revista, no mundo da moda.

Apesar de ser um documentário, não pense naquela coisa chata! Ele é muito interessante, passa voando e você fica aí babando pelas roupas e editoriais hehe

. Cisne Negro “Natalie Portman está no papel de Nina, uma bailarina extremamente talentosa, mas perigosamente instável emocionalmente, que está às portas do estrelato. Instigada ao máximo por seu determinado diretor artístico e ameaçada por uma sedutora bailarina rival, o tênue laço que prende Nina à realidade se desfaz, arremessando-a num pesadelo de olhos abertos”

Além das cenas lindas de balé, o que me prende demais nesse filme é tensão presente o tempo inteiro. Você fica aflita, confunde a realidade e acaba vivendo na pele o drama da protagonista!

. Bonequinha de luxo“George Peppard é um jovem e esforçado escritor, que tem um ‘patrocinador’ e é arrebatado para o intrigante e deliciosamente desestruturado estilo de vida de Holly Golightly (Audrey Hepburn), que vasculha Manhattan, decidida a encontrar um milionário para se casar”

Tem quem não goste, mas eu amo os clássicos e a Audrey, além de minha diva mor, influenciou e continua influenciando o mundo da moda. Esse filme é bem divertido e lançou a ideia do ‘little black dress’, além de ter colocado a Tiffany’s nos nossos sonhos haha. Recomendo esse e todos os outros filmes estrelados por ela!

. Sete dias com Marilyn “No filme, é mostrada a visão de Colin Clark, que trabalha como assistente no set britânico de The Prince and the Showgirl, da relação dos protagonistas Laurence Oliver e Marilyn Monroe. A atriz também está no Reino Unido em lua de mel com Arthur Miller. Quando Miller deixa o país, Clark faz companhia a Monroe e eles passam uma semana juntos”

Baseado em dois livros de Colin Clark, esse filme retrata uma semana da vida de Marilyn e mostra bastante o desequilíbrio emocional da diva de Hollywood. Além disso, a fotografia é linda, o figurino – inspirado nos anos 1950 – maravilhoso e Michelle Willians não deixou nada a desejar na interpretação!

.FridaNão achei sinopse desse também, mas o filme retrata a vida de Frida Kahlo, passando por seu grave acidente na adolescência, o casamento conturbado com o pintor Diego Rivera, sua polêmica sexualidade e reputação política.

Gosto da forma que vejo a força e o talento de Frida nesse filme. Selma Hayek faz a gente pensar que realmente está olhando para a artista (só que mais bonitinha, né). Ah, pra quem for do Rio de Janeiro, tá rolando uma exposição com alguns quadros da Frida lá no CCBB :)

. Coco antes de Chanel“Quando criança Gabrielle (Audrey Tautou) é deixada, junto com a irmã Adrienne (Marie Gillain), em um orfanato. Ao crescer ela divide seu tempo como cantora de cabaré e costureira, fazendo bainha nos fundos da alfaiataria de uma pequena cidade. Até que ela recebe o apoio de Étienne Balsan (Benoît Poelvoorde), que passa a ser seu protetor. Recusando-se a ser a esposa de alguém, até mesmo de seu amado Arthur Capel (Alessandro Nivola), ela revoluciona a moda ao passar a se vestir costumeiramente com as roupas de homem, abolindo os espartilhos e adereços exagerados típicos da época.”

Sou muito fã da Coco e de tudo que ela fez pela moda feminina. Se não fosse por ela, você não usaria calças nem roupas mais largas. O filme é de suspirar!

. P.s.: eu te amo “Holly Kennedy (Hilary Swank) é casada com Gerry (Gerard Butler), um irlandês engraçado por quem é completamente apaixonada. Porém quando Gerry morre devido a uma doença a vida de Holly também acaba, já que ela entra em profunda depressão. Mas o que ela não esperava era que, imaginando que isto poderia acontecer, Gerry deixou para ela diversas cartas antes de morrer. Cada uma delas busca guiar Holly no caminho de sua recuperação, não apenas da dor pela sua perda mas também de sua própria redescoberta.”

Daqueles filmes que você chora, chora, chora, mas não consegue parar de ver! Por incrível que pareça, é triste e leve ao mesmo tempo. Só é uma pena que o Gerard apareça tão pouco hehe

Espero que vocês gostem, meninas!

Beijos

 

Anúncios

7 comentários sobre “Cinema em casa

  1. Adooooro!
    Sou apaixonada por “Brilho eterno de uma mente sem lembranças” e tbm “PS. Eu te amo”, tudo de bom ♥

    Beijosss

    • Eu sou meio cinéfila, por mim colocava mais uns 50 títulos aqui haha
      Fico super na dúvida de qual o meu favorito, mas acho que estou entre ‘Coco antes de Chanel’ e ‘Frida’ :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s